Localização
Sabugal (Concelho)
Investimento
2.699.573,90 €
2011 - 2013

Remediação Ambiental na Área Mineira de Coitos

Concluídos

A antiga área mineira de Coitos situa-se na freguesia de Bendada, concelho de Sabugal e distrito da Guarda. Esta antiga mina situa-se em encosta de fraco declive a cotas médias dos 510 m. Nas imediações, situa-se a povoação francamente rural de Trigais. A região vive de uma agricultura de subsistência com pastoreio de ovelhas.

Os trabalhos mineiros nesta mina subterrânea consistiram em dois pisos (12,5 e 23 m) e 4 poços. Os trabalhos mais antigos ficam dentro do pinhal, apresentando dois poços distanciados cerca de 60 m um do outro. Desenvolveram-se galerias no 1º piso com metragem total de 210 m e no 2º piso com 180 m. Os trabalhos mais recentes da C.P.R. (Companhia Portuguesa de Rádio), desenvolveram-se a norte da estrada Trigais/Bendada, constam de dois poços distanciados 47 m, um deles, o poço mestre, atingiu 25 m de profundidade é atualmente circundado por um muro de resguardo.

A empreitada de remediação ambiental da Coitos, incluída na da Bica, Carrasca, Pedreiros e Vale d’Arca, consistiu nas seguintes atividades principais:

  • Concentração e selagem das fontes poluidoras em termos químicos e radiológicos, reduzindo-se a presença e dispersão dos elementos contaminantes;
  • Assegurar a segurança e melhoria da qualidade de vida das populações;
  • Modelação dos terrenos e saneamento de escombreiras ou seu tratamento com solos adequados, proporcionando a redução dos riscos por contaminação e propiciando o desenvolvimento da vegetação;
  • Promoção do repovoamento por comunidades florísticas e faunísticas autóctones;
  • Restabelecimento de cursos de água anteriormente afetados e a reposição da qualidade da água que drena para estes cursos de água;
  • Limpeza e tratamento de áreas contaminadas, possibilitando-se o uso do solo em condições adequadas;
  • Criação de elementos delimitadores e dissuasores de contacto com áreas de risco em termos de perigo para pessoas e animais (poços e/ou bocas da mina e outros pontos de contacto com as galerias).

Esta empreitada foi adjudicada ao consórcio Socopul – Sociedade de Construções e Obras S.A. / MT3 – Engenharia e Obras, Lda. por 2.194.775,53 € e teve a duração de 540 dias.

O investimento realizado foi co-financiado pelo Fundo de Coesão e permitiu eliminar as fontes contaminantes do solo, através da remoção dos resíduos contaminados e da selagem das estruturas mineiras, melhorando significativamente a componente  paisagística do vale, com consequente acréscimo na qualidade de vida das populações adjacentes.

povt-qren-uev3
  • Enquadramento geral da área

  • Casa em ruínas

  • Escombreira de estéreis

  • Abatimento de galeria

  • Poço com placa de betão

  • Placa de sinalização