Localização
Gouveia (Concelho)
Investimento
2.237.370 €
2017 - 2018

Recuperação Ambiental da Área Mineira do Castelejo

Em curso

A antiga área mineira de Castelejo, situa-se a cerca de 2 Km de Vila Cortês da Serra, no concelho de Gouveia, distrito da Guarda.

Foi objeto de exploração de minério de urânio em dois locais a céu aberto durante o período de 1977 a 1990 pela Empresa Nacional de Urânio, E. P. (ENU), tendo sido produzidos cerca de 103.578 ton de minérios com teores médios de 0,12% de U3O8, que produziram 132.327 Kg de U3O8. A relação minério/estéril foi de 1 para 10.

Atualmente existem, para além das duas cortas a céu aberto, parcialmente inundadas, uma Estação de Tratamento de Águas Mineiras (ETAM) desativada, 12 escombreiras de deposição de resíduos mineiros que ocupam uma área de cerca de 81.000 m2 e um volume total de cerca de 880.000 m3, entre materiais estéreis e minérios pobres.

A intervenção a efetuar consistirá nas seguintes atividades principais:

  • Enchimento de uma das cortas existentes na área mineira do Castelejo com materiais das escombreiras envolventes, incluindo deposição confinada para materiais provenientes de outras áreas mineiras;
  • Movimento de terras constituído, essencialmente, carga, transporte, espalhamento e compactação no interior da corta, verificando-se que o volume total de materiais, que serão transportados para depósito confinado, a criar na corta, é da ordem dos 350 mil metros cúbicos, a que se somam cerca de 90 mil metros cúbicos de materiais provenientes das restantes áreas mineiras;
  • Confinamento do depósito após impermeabilização, selagem e recuperação paisagística;
  • Manutenção de espelho de água na segunda corta, na extremidade sul e a recuperação paisagística de toda a área;
  • Construção de plataformas de pesca e de observação.

O investimento realizado é co-financiado pelo Fundo de Coesão e irá permitir resolver os passivos ambientais resultantes da exploração mineira neste local, trazendo benefícios para as populações locais, através da melhoria das condições atuais e utilização das áreas recuperadas para outros usos.

poseur_pt2020_ue
  • Obra em curso

  • Placa de obra