10
Set/16

Arrancou a Requalificação Ambiental da Mina de São Domingos

Notícias
| 10 Setembro de 2016
 A EDM– Empresa de Desenvolvimento Mineiro, S.A. lançou o concurso público para a primeira fase das obras de recuperação ambiental da mina de São Domingos. Um projeto que envolve um investimento global de cerca de 20 milhões de euros.

Durante o evento, que se realizou em Mértola, foi igualmente assinado, entre a EDM e o município de Mértola, um acordo de parceria para o aproveitamento do potencial cultural, turístico, geológico e mineiro de São Domingos.

A sessão pública contou com a presença do Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, que presidiu aos atos. A área mineira de São Domingos, no concelho de Mértola, foi objeto de exploração de cobre e enxofre para produção de ácido sulfúrico, a par de produtos secundários como o chumbo, níquel, cobalto, ouro, prata, cádmio, arsénio antimónio e estanho.

Considerada durante vários anos a maior exploração mineira portuguesa, esta foi desativada em 1966, na sequência do esgotamento das reservas, tendo sobrado um passivo ambiental constituído por escombreiras, águas ácidas, ruínas industriais e agressão paisagística.

A EDM vai agora empreender as obras fundamentais de recuperação ambiental desta área mineira, por fases, suportada em projetos técnicos adequados de  qualidade, que poderá potenciar uma nova era de desenvolvimento económico, social e cultural, que as autoridades nacionais e locais querem lançar neste território. Esta primeira fase das obras deverá importar em cerca de quatro milhões de euros e tem uma duração prevista de 14 meses.

A intervenção da EDM desenvolve-se ao abrigo do contrato de concessão que o Estado lhe outorgou, com exclusivo, para a recuperação ambiental das áreas mineiras degradadas (DL 198 -A/2001 -6/7), e as obras serão, em parte relevante, financiadas por fundos europeus estruturais de investimento, mediante candidatura aprovada pelo programa operacional sustentabilidade e usos eficiente dos recursos (POSEUR).