Consórcio ESANMET / EDM

Cobre - Zinco
Consórcio ESANMET / EDM

Em fevereiro de 2016, a EDM assinou com a ESAN, empresa de capitais turcos, um Acordo de Desenvolvimento Conjunto, no qual se encontram abrangidas as áreas do Monte das Mesas, São Pedro das Cabeças e de Alcácer.

O âmbito do contrato realizado com a ESAN implica que a EDM dispõe de 15% deste consórcio, tendo contratualmente sido definido que o investimento a realizar pela ESAN é no valor de 7,6 milhões de euros, os quais são correspondentes à sua cota no consórcio.

A quota da EDM é relativa aos investimentos realizados até à data de assinatura do respetivo contrato de consórcio, o que significa que a EDM não necessita de realizar qualquer investimento, até que a ESAN complete o valor contratualizado.

AS ÁREAS DO CONSÓRCIO

A concessão, para prospeção e pesquisa, do Monte das Mesas localiza-se na parte NW da falha da Messejana. O enquadramento geoestrutural favorável à ocorrência de sulfuretos maciços polimetálicos, assim como a existência de anomalias geofísicas detetadas durante as várias campanhas de prospeção realizadas, levou a um aumento de interesse nesta área, razão pela qual se pretendeu conhecer melhor a zona a NNE da concessão do Gavião e consequentemente, perceber se existiam massas mineralizadas passíveis de serem prospetadas.

O contrato de prospeção e pesquisa, relativo à área de Alcácer, foi assinado pela ESANMET, empresa detida na totalidade pela ESAN, em 23 de novembro de 2016, com o Estado Português.

Trata-se de uma área com uma superfície de 344,33 km2, e localizada nos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola, distrito de Setúbal.

A geologia de superfície que se observa nesta área é dominada por sedimentos Terciários da Bacia do Sado que cobre com espessura variável as rochas Paleozoicas da Faixa Piritosa Ibérica (FPI) e rochas da Formação de Mértola do Grupo Flysch do Baixo Alentejo (GFBA). Nesta área estão identificadas algumas “janelas” onde se observam rochas de idade Paleozoica, nomeadamente as janelas de Valverde e Pedrogão entre outras.

O contrato de prospeção e pesquisa, relativo à área de São Pedro das Cabeças, foi assinado entre a ESANMET, empresa detida na totalidade pela ESAN em 23 de novembro de 2016, e o Estado Português. Trata-se de uma área com uma superfície de 133,175 km2, e localizada nos concelhos de Castro Verde, Ourique e Aljustrel, distrito de Beja.

O potencial desta área reside no facto de ser uma estrutura paralela e muito próxima do antiforma de Neves Corvo-Rosário onde se localizam as Minas de Neves Corvo e diversas outras explorações históricas para cobre e manganês. A estrutura de Castro Verde é pouco conhecida em profundidade tendo sido nela efectuadas apenas 7 sondagens mecânicas e onde se reconhecem algumas anomalias geofísicas que requerem uma investigação mais detalhada.

ESANMET
Localização das áreas
Monte das Mesas
Monte das Mesas